Pronatec SENAI

Fiquem atentos as exigências para a participação dos cursos gratuitos no pronatec SENAI

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, muito conhecido como o Pronatec tem parceria com o SENAI a fim de melhora o futuro de milhares de brasileiros que não dispõem de qualificação profissional como o mercado de trabalho exige, ou que não tem ainda uma profissão definida, esta é a realidade de muitos brasileiros, pessoas como qualquer outra que vagão de uma profissão a outra e que estão cada vez mais deslocadas em busca do emprego ideal.
Pronatec tem como objetivo mudar o futuro destas pessoas com a sua parceria de qualidade, sua criação se deu no dia 26 de Outubro de 2011 com a sanção da Lei nº 12.513/2011 pela Presidenta Dilma Rousseff, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) oferece para todos nós ampliar a oportunidade de garantir uma formação especifica de forma tecnológica com curta duração, esta curta duração veem como objetivo de acelerar a carreira profissional de muitos.

Inscrições no Pronatec SENAI

De acordo com o portal do SENAI é possível realizar os cursos da instituição e sua parceria todos os estudantes de ensinos públicos ou particulares de nível médio e estendeu para pessoas desempregadas, beneficiários do seguro desemprego ou beneficiários do programa Bolsa Família e dependentes, entre outros.
Caso você se encaixe em uma destas condições citadas acima faça a sua inscrição através do site http://pronatec.mec.gov.br/inscricao/, e antes de realizar a sua inscrição analise as vagas disponíveis de acordo com o local onde reside, basta selecionar no mapa sua região e seguir as instruções de preenchimento como o estado e município, em minutos terá acesso a todas as vagas e quantidade para se inscrever, a inscrição também é realizada pelo site, mas é necessário alguns documentos como:

• RG, CPF, certificado de conclusão do ensino médio e histórico escolar que comprove ter cursado e concluído todas as séries do ensino médio em escola pública ou em instituição privada.
• Pessoas com deficiências: RG, CPF, comprovante de escolaridade e autodeclaração.
• Reservistas das Forças Armadas ou Cartão de Identificação Militar.
• Povos indígenas e comunidades quilombolas: RG, CPF, comprovante de escolaridade e autodeclararão.
Aproveitem e não fique de fora desta!

Comente (será moderado)